sexta-feira, 8 de março de 2013

O Melhor de mim - Nicholas Sparks

Título: O Melhor de Mim
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 270

   Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam.Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável.Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre.Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.

Livro cedido pela Ed. Arqueiro 

Dawson cole é uma pessoa boa. Sempre se sentiu diferente do resto de sua família, afinal, ele não via seu futuro misturado aos crimes e assassinatos com o quais a família está constantemente relacionada,. Aos 17 se vê apaixonado por Amanda Collier, garota de uma boa família, a paixão é recíproca, e imediatamente vista com mal olhos tanto pela família como pela sociedade da pequena cidade.

Por não ser como a família é, Dawson sempre foi muito criticado por seus parentes, inclusive por seu pai. As discussões e as surras constantes, acabaram por faze-lo sair de casa.Consegue abrigo em uma oficina. Oficina essa que pertence a Tuck, um restaurador de carros clássicos.Uma amizade única e tênue se cria entre os dois, revelando uma relação única.

É, claro que, algo vai separar Dawson de Amanda, no caso, o futuro - Amanda tinha que estudar. Ela queria fugir, mas Dawson não permitiu-, e por se preocupar com a garota que ama, o relacionamento é finalizado. Amanda, foi para a Universidade, e Dawson, passa por uma série de desventuras que acabam por transformá-lo em ex-presidiário, e sobrevivente de um grande acidente

25 Anos depois, Amanda está casada, e Dawson vive sua vida pacata, quando são abalados pela notícia de que Tuck, grande amigo de ambos faleceu.
Após um emocionante reencontro, eles se dão conta de que Tuck, tinha um último pedido para os dois, e realizá-lo, poderá mudar suas vidas novamente, e restaurar o amor há muito sentido.

Não tenho conhecimento sobre, por isso, não posso fazer uma analise completa sobre os livros de Nicholas Sparks - além desse, li apenas A Última Música, que por sinal, é bem diferente -. Posso dizer apenas, que Sparks sabe o que está escrevendo, e também sabe como, mesmo sem uma estória com muito conteúdo, chamar e prender a atenção do leitor.

Temos uma narração em terceira pessoa, mas que não deixa de ser pessoal. Gosto de narrações em terceira pessoa, porque nos permite ter uma visão "pânoramica" de todos os núcleos do enredo, de forma que somos levador à vários lúgares e entendemos a situação de uma maneira mais geral. E Sparks sabe como usar isso, dividindo capítulos relativamente grandes em subdivisões, que deixam a leitura ágil e não permitem que o leitor se canse.

O desenvolvimento é bom, e o livro fluí super rápido, porém, ao terminar a leitura - SIM, o final é incrível- tive a sensação de que faltou algo, alguma coisa importante, algum elemento que não nos foi apresentado, não que faltem conclusões, apenas parece que o autor enxugou algo.

O trabalho de tradução que a Ed. Arqueiro nos apresenta é de qualidade, e a diagramação, razoavelmente bonita, folhas amareladas, letras e espaçamento com um bom tamanho.

Por fim, foi um bom livro, não ótimo, mas é um livro bonito, e pode até arrancar algumas lágrimas dos leitores mais sensíveis.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se interessou? Quer tirar suas próprias conclusões? 
Participe:

25 comentários:

  1. AHhh eu quero tirar minhas conclusões! rs
    E sou do tipo de leitora emotiva. Adoro as histórias do Nicholas e estou gostando desta nova "abordagem" dele, menos previsível. Também gosto de narrativas em terceira pessoa, exatamente por nos dar a chance de ver as coisas por vários ângulos.
    Bom, quero muito ler e espero ter a oportunidade logo!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela conclusão,
      eu gostei do livro, não foi O MELHOR, mas eu gostei.

      Beijos

      Excluir
  2. Sabe que não gosto muito de Nicholas Sparks?
    O último livro que li dele, várias pessoas falaram que não gostaram da minha resenha, é que Nicholas não é meu preferido, acho tudo que ele escreve muito óbvio.

    Beijinhos.
    www.intheskyblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além desse, eu só li "A Última Música", e eu realmente gostei.

      Entendo o que você está dizendo, também senti um pouco disso :/

      Beijos

      Excluir
  3. Concordo com a Helana, ele sempre entra no mesmo sistema e isso acaba tornando os livros previsiveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como já disse, não li muitos livros do Sparks, então não posso afirmar isso, sei apenas de ouvir falar, senti durante a leitura,que ele sabia como conduzir o leitor, se é costume dele, não posso afirmar

      Excluir
  4. Fiquei super interessada, nao vejo a hora de ler, amo esses livros!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Querida, que bom que se interessou!

      Beijos

      Excluir
  5. Muito boa a resenha, alimenta ainda mais a vontade de ler!! rsrs

    Sou suspeito para falar do Nicholas, mas admito que os livros sejam previsíveis.

    Tende a ficar um pouco massante, no entanto ele consegue prender o leitor, como você mesmo disse.

    Em Um Amor para Recordar e Querido John a narração é em 1ª pessoa e a visão masculina, um diferencial para o gênero. Gosto também quando a estória é narrada em 3ª pessoa, pois fica mais dinâmica.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Muito boa a resenha, alimenta ainda mais a vontade de ler!! rsrs

    Sou suspeito para falar do Nicholas, mas admito que os livros sejam previsíveis.

    Tende a ficar um pouco massante, no entanto ele consegue prender o leitor, como você mesmo disse.

    Em Um Amor para Recordar e Querido John a narração é em 1ª pessoa e a visão masculina, um diferencial para o gênero. Gosto também quando a estória é narrada em 3ª pessoa, pois fica mais dinâmica.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Ah como eu quero este livro...! Eu amo tudo o que o Sparks escreve, literalmente tudo. Desde DIário de Uma Paixão até Um Porto Seguro, realmente tudo, pena qe eu aindanão tenho este livro fabuloso! Estou ansiosa, vai que eu ganho ele!

    ResponderExcluir
  8. Morro de medo de livros dele, tipo, será que o casal fica junto, será que eles realmente se amam? Smp são perguntas que ficam em minha mente.
    Porém, eu sou teimosa, quero ler esse livro.
    Gostei muito de sua resenha.

    Baci
    Modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida,
      que bom que gostou da resenha,
      Essas perguntas foram levantadas sim no decorrer da trama, o que deixa a leitura ainda melhor!

      Beijos

      Excluir
  9. Oi João,

    Não tinha lido nenhuma resenha do livro O Melhor de Mim até hoje.
    Posso dizer que gostei bastante do tipo de trama abordada por Sparks apesar de ter me decepcionado um pouco nos últimos tempos com essas tramas que possuem um grande espaço de tempo do início até a sua conclusão. Lembro que me senti muito frustrada quando assisti "Querido John" justamente por isso. Só espero que caso eu chegue a ler este livro um dia, não sinta o mesmo com relação a ele.

    Bela resenha, super esclarecedora.

    Beijos!

    Isabelle
    --
    www.blogmundodoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabella,
      fico feliz que tenha gostado da resenha :)

      Beijos

      Excluir
  10. Amo o Nicholas, li só duas obras dele mas me apaixonei. Gosto muito da forma que ele escreve e a forma como suas histórias me arrancam lagrimas.

    ResponderExcluir
  11. Queria saber como ele consegue tempo para escrever mil e um livros..
    Gente, cada mês tem um lançamento dele e olhe lá =O
    Este parece ser lindo... com certeza leria.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da resenha, é uma história envolvente que o final pode ser o que a gente menos espera ... tipo quanto li " A Escolha" pelo que li parecia que a Decisão de Travis Parker seria desistir do seu amor, mas ... Amo suas histórias ... antes de saber dele, achava que era uma mulher que usava esse codinome com histórias tão envolventes ... foi uma grata surpresa descobrir que era um homem que escrevia ... ainda mais por ser histórias românticas.

    ResponderExcluir
  13. Sparks é fantástico - ao meu ver - seus livros são sempre maravilhosos. Já li vários livros dele e quero ter todos um dia.

    ;)

    http://pseudonimoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Amei sua resenha! Parabéns!
    Eu li esse livro durante o ano passado... Amei!
    Amo os livros do Nicholas Sparks... Ele é fantástico! O único dele que foi lançado aqui no Brasil e ainda não li é O Casamento. Estou terminando Uma Curva na Estrada. =)

    Beijos
    Tífany Baesso - http://osamantesdaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Adoro o Sparks, mas não o leio sempre. O cara tem o dom de cutucar ferida, sabe? Todo livro dele acaba fazendo você chorar em alguma parte. Ele realmente constróe ótimas historias de amor, mas suspeito que ele tenha sofrido algo ou seja sadista, porque sempre acontece alguma "tragédia" xD
    Tenho uma amiga da faculdade que é simplesmente viciada no autor e disse que de longe esse é o melhor dele. Realmente to curiosa para tirar minhas próprias conclusões.
    Gostei muito da resenha.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Bom confesso,amo as estorias em que Nicholas nos faz viajar,gosto muito das reviravoltas que ele sempre dá em cada livro.Principalmente os personagens que são bem marcantes.
    Este livro esta na minha lista de leitura deste ano,e lendo sua resenha,vejo que acertei em coloca-lo.Então...em breve ele estara na minhas mãos,e em breve estarei me deliciando com a estoria.

    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    sanguecomamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. nao sou muito fã de historias de romance , mas nicholas faz o leitor passar horas lendo seus livros, to louco pra ler esse livro, :S

    ResponderExcluir
  18. Não sou muito fã do Nicholas , esse foi o único livro q li dele , mas acho os livros dele muito previsíveis :(

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião!
Não esqueça que ofensas, xingamentos e spam são proibidos e serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Lá na Minha Estante © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo