terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Quebrando Barreiras


 
Uma doença pode não ser uma barreira para o desenvolvimento de uma obra com sucesso. Temos uma série de artistas com problemas mentais que tiveram uma carreira esplendida, pesquisas  revelam que uma doença não significa diferença



Virginia Woolf

 Um exemplo de artista é Virginia Woolf, foi uma escritora, ensaísta e editora britânica, conhecida como uma das mais proeminentes figura do modernismo. Ela possuía depressão.

 O mais impressionante é que pesquisadores do Karolinska Instituet, na Suécia, confirmaram a hipótese de que doenças mentais são mais comuns em pessoas com trabalhos ligados à arte e criatividade. Transtorno bipolar se mostrou mais comum entre pessoas com profissões artísticas ou científicas, como bailarinos, pesquisadores, fotógrafos e escritores, do que na população geral



 Philip K. Dick:
 Esquizofrenia, o abuso com as drogas e diz-se que o romance seminal Valis só existe por causa de suas visões e alucinações. Mas mesmo estes problemas não impediram que se tornasse um dos gênios que a literatura já criou;
 Franz Kafka:
 Depressão clínica e ansiedade social, também sofria de enxaquecas, constipação, insônia, furúnculos, e outras doenças, todas geralmente provocada por tensões excessivas e luxações;


Fernando Pessoa:
Tido muitas vezes como bipolar, há também teorias que o colocam com Transtorno de Personalidade Múltipla, e embora isto seja muito polêmico, seus diversos pseudônimos, e as oportunidades que o poeta assumiu de diferentes identidades corroboram com os que pensam desta forma;
  Sidney Sheldon:
Em sua auto-biografia o autor revelou uma luta de anos contra o Transtorno Bipolar, e que chegou a contemplar o suicídio;










 Richard Brautigan:
 Escritor e poeta norte americano, ficou preso como desordeiro. No hospital, Brautigan recebeu tratamentos de choque elétrico e foi diagnosticado como esquizofrênico paranoico.








Viram?
Pessoas com grandes barreiras impostas pela sociedade conseguiram escrever verdadeiras obras.

" Leia mais, escreva mais, aproveite sua "sanidade"".





                                               Fontes: Listas literárias; revista Super interessante; Virginia Woolfsociety.

7 comentários:

  1. E todos eles com obras eternas ♥
    Tenho a biografia de Sidney Sheldon.


    Beijinhos
    www.intheskyblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Tudo bem. Sou a Leia Bous e vim apresentar o livro do meu amigo escritor Ulisses Sebrian. O livro é um delicia emocionante e um pouco picante. Chame-se o Diário do amor e da Felicidade. Basta dar um click no link para ler. Amei. https://www.clubedeautores.com.br/book/140574--O_diario_do_amor_e_da_felicidadeou entre no blog do Ulisses Sebrian http://truquedevida.blogspot.com.br/ e na a barra lateral tem a capa do livro só dar um click. Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Isso é verdade. É uma linha tão tênue entre a loucura e a criatividade. Isso até me fez lembrar de um personagem da série como treinar seu dragão, de tão louco o cara é um gênio das invenções.
    Mas, voltando à realidade, realmente quase 100% que tem um talento incrivel sofre de alguma patologia, geralmente emocional, e se expressa através de alguma arte, seja musica, pintura, a escrita... Isso deixa esse mundo artistico ainda mais fascinante.

    ResponderExcluir
  4. A arte e a loucura e problemas emocionais de outros niveis andam de mãos juntas. Já repararam que os melhores musicos, pintores, escritores e academicos tem algum disturbio do tipo? Acho que acho nessas patologias os fazem mais sensiveis e isso se reflete na arte e no talento deles. Essa superação é algo muito digno.
    amei o post.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Nossa, quer dizer que eu tenho chances de ter problemas mentais...
    Que massa! HAHA', tudo bem, eu não ache assim tão legal... :( Escritores são mentalmente estáveis, mas muitas vezes o seu corpo não aceita o que a mente quer, pois temos uma... Uma espécie de dois "eu" dentro da gente, e um diz algo, e outro diz totalmente diferente. Talvez seja esse o nosso "problema mental".

    ResponderExcluir
  6. Da lista conheço só o Fernando Pessoa e Sidney Sheldon, realmente esses foram escritores que quebraram as barreiras, eles estão de parabéns e sem dúvida merecem todo esse sucesso o qual eles fazem!

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião!
Não esqueça que ofensas, xingamentos e spam são proibidos e serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Lá na Minha Estante © Todos os direitos reservados :: voltar para o topo